INICIAL
Quem somos
VIDA CRISTÃ
VIDA VITORIOSA
SALVAÇÃO
ORAÇÃO
MISSÕES
TESTEMUNHOS
BIOGRAFIAS
CÔMICOS
VARIEDADES
O PODER DA ORAÇÃO
COMO FUI EM 2016?
LEIA A BÍBLIA
MEMÓRIA GLÁUCIA
U M A D I
FALAR COM ENOQUE



BIOGRAFIAS

 

http://www.enoque.com.br/config/bt/arq_word.gif7 BIOGRAFIA RESUMIDA DE NELSON DE SOUZA NOGUEIRA.doc
   
Link:   http://www.enoque.com.br/geral/arquivos/7 BIOGRAFIA RESUMIDA DE NELSON DE SOUZA NOGUEIRA.doc

  http://www.enoque.com.br/config/bt/arq_word.gif7 UM HOMEM DE DEUS CHAMADO CÉLIO.doc    Link:   http://www.enoque.com.br/geral/arquivos/7 UM HOMEM DE DEUS CHAMADO CÉLIO.doc

  http://www.enoque.com.br/config/bt/arq_word.gif7 UM HOMEM DE DEUS CHAMADO JURANDIR.doc
   
Link:   http://www.enoque.com.br/geral/arquivos/7 UM HOMEM DE DEUS CHAMADO JURANDIR.doc

 



UM HOMEM DE DEUS CHAMADO CÉLIO

Por Enoque Rodrigues Nogueira

 

Minha homenagem a um grande amigo

 

Durante o meu meio século de vida, tenho visto muitas pessoas especiais que de uma forma ou de outra me influenciaram, na vida profissional, no meu ministério e no meu lar. Alguns deles deixam coisas tão preciosas que me valho delas em várias circunstâncias de minha vida. Desejo falar de um servo de Deus que me transmitiu algo que me servirá para o resto da vida agradecido e por certo não esquecerei até à minha morte.

Sei que é difícil falar de pessoas sem ter manifestação contrária, mas como o nome do servo de Deus é Célio, fica bem mais fácil, porque existe um montão deles, só na Empresa onde eu trabalho temos mais de cinqüenta.

Não tem problema se ao ler este testemunho alguém souber a quem estou me referindo; a glória será maior ainda para o Célio que desejo honrar.

Vou ainda, mais tarde falar de outros Homens de Deus chamados Nelson, Sebastião, Márcio Rogério, Pedro, Jurandir, Ivan, Silas, José e outros, mas agora é o nome Célio que está em minha memória.

Célio, pastor, não doutor, não teólogo, não de Nível SUPERIOR, não de alta sociedade e não rico. Era Célio, morador em comunidade, em local de risco, mas tinha a vida no altar de Deus

Em uma igreja, presidia um Pastor ... (pausa para as minhas lágrimas - saudades) de qualidades inquestionáveis, Pr. S.F.A. Há pouco tempo (entre um e dez anos) o SENHOR o levou para Sua glória ficando na direção do Rebanho o primeiro vice-presidente Célio.

O rastro luminoso deixado por ele tem sido bênção na vida de seus liderados, entre eles o CÉLIO. Célio era pastor vice-presidente do Sebastião e tinha uma postura impressionante de humildade. Era como o fiel Davi na Casa de Saul.

A humildade do Célio me impressionava. No dia de sua indicação para primeiro vice eu estava na Reunião e vi e olhei e senti e glorifiquei a Deus pelas lágrimas e palavras do Célio que dizia: Não, Não, Não, existem outros melhores do que eu... Mais à frente, ouvi dos lábios do próprio Célio: Quem estaria habilitado para a função era o Pr. Jrndr...

O Célio assumiu a função interina de segundo vice-presidente tendo ainda na direção um segundo vice-presidente.

Jamais o Célio reivindicava posição ou coisa alguma; apesar de ter a função de primeiro vice-presidente da igreja posição em uma igreja que contava com mais de dois mil membros, com cerca de trinta filiais no Grande Rio, outras dez pelo Brasil e três no exterior.

Um detalhe que muito me chamou à atenção e jamais vou me esquecer era a posição que ele ocupava no púlpito assentando-se à esquerda do presidente e não na direita como qualquer um fazer e não erram por fazer; mesmo sendo por várias vezes lembrado por seus colegas que ele deveria se assentar à direita, ele permanecia à esquerda.

Para atender os estatutos que não definia claramente a sucessão, foi proposta pela mesa diretora a eleição.

GLÓRIA A DEUS PELA VIDA DO PELO CÉLIO... (pausa para as minhas lágrimas – Deus me tem dado amigos que me fazem chorar de amor e alegria).

CÉLIO NÃO FEZ COMO MUITOS FAZEM, REQUERENDO EM MESA, CONSELHO, ÓRGÃO, ASSEMBLÉIA OU JUSTIÇA UMA ANÁLISE DOS FATOS PARA QUE PUDESSE ASSUMIR DIRETAMENTE SEM ELEIÇÃO.

O Homem de Deus, chamado Célio se submeteu à eleição. Aleluia!!!

Inscreveram-se treze candidatos inclusive o Célio; talvez, aos olhos humanos, ele tinha o pior currículo, mas tinha uma afinidade com o Deus que vê e sonda os corações. O Célio tinha na sua unida família, esposa e três filhos, uma compensação para a pressão recebida durante os meses de processo até à eleição.

QUANTAS LÁGRIAMAS O CÉLIO VERTEU!!!

EU JÁ TINHA ASSOCIADO COM AQUELE ROSTO O BRILHO DAS

LUZES REFLETIDAS PELO SEU ROSTO MOLHADO.

O resultado da eleição foi o seguinte: O Célio obteve aproximadamente o mesmo número de votos da soma dos outros onze.

SIM, O APARENTE FOI PATENTE.

A GLÓRIA DE DEUS FICOU MANIFESTADA NA VIDA DO MEU AMIGO CÉLIO.

A glória: Um Homem de Deus chamado Célio. Continua presidente de uma igreja Assembléia de Deus em um bairro nobre do Rio de Janeiro.

DEUS É FIEL! O pastor Célio deve ter algum defeito (Sua esposa o sabe) mas com certeza, as principais virtudes que associam o homem com o seu SENHOR ele tem:

AMOR; HUMILDADE; OBEDIENTE; CONSAGRADO; SANTO; TEMOR; SUBMISSO; OUVINTE À VOZ DE DEUS;

O pastor Célio, se tivesse dinheiro resolveria o problema financeiro da humanidade. É u exercício de amor ambulante e disponível para toda membresia sua igreja.

Por questões éticas não pude dar o nome dele completo, mas vai aí o endereço da raridade:

UM HOMEM DE DEUS CHAMADO CÉLIO

 

Igreja Evangélica Assembléia de Deus

Rua José Bonifácio, 413

Todos os Santos - Rio – RJ – Brasil - 21 - 2594-8311

 

DECLARAÇÃO

Declaro que fui injusto em tentar falar do meu amigo Célio, devido o fato de ser impossível expressar todos os detalhes da vida deste valoroso Homem de Deus. A intenção foi de expressar aquilo que faz a minha alma regozijar, porque a minha vida não pode servir como balizamento de outras pessoas. Embora eu não tenha tais virtudes, tenho que admitir que conheço pessoas que são uma raridade.

 


UM HOMEM DE DEUS CHAMADO JURANDIR

Por Enoque Rodrigues Nogueira

 

Minha homenagem ao meu amigo que tanto me ajudou nos meus passos de retorno.

 

 

Quando eu tinha vinte anos

Conheci nessa idade

Um irmão que era líder

De uma linda Mocidade

 

Era um jovem bem casado

Com a sua Dulce amada;

Transitava com seus filhos

E com ela de mãos dadas

 

Era obreiro bem chegado

Muito amigo do pastor

Que lhe dava todo apoio

Na Seara do SENHOR

 

Grande era o ministério

Que Deus deu a esse irmão

Muitas lutas ele passava

Mas vivia em oração

 

Era o nobre dirigente

De uma juventude unida

Que por sua afeição

A mantinha reunida

 

Eu me lembro de uma festa

Com desfile Programado

Onde aquele dirigente

Comandava animado

 

Foi assim por longos anos

Sempre com mesmo amor

Que o sublime dirigente

Trabalhava p’ra o SENHOR

 

Foi naqueles belos dias

Que o SENHOR Jesus tocou-me.

Quando entrei naquela igreja

Algo, ali, impressionou-me

 

Lá estava o grande líder

Dirigindo a mocidade

Com alegria e leveza,

Mas com muita autoridade

      

Era tanta competência

Que fiquei estupefato

Vi que aquela harmonia

Era mesmo um grande fato

 

Tudo aquilo que ocorria

Tocou no meu coração

Não havendo outra saída

Fiz a minha decisão

 

Entreguei-me a Jesus Cristo

Com todo meu coração

Mas, confesso aos meus leitores

Fui aluno desse irmão

 

Esse amado e grande líder

Foi-me um grande professor

Desde a minha mocidade

Foi-me como um Pastor

 

Nas vigílias me levava

Em lugares com escombros

Quando eu não tinha mais forças

Carregava-me nos ombros

 

Nos domingos às oito horas

Com sua voz angelical

Acordava-me falando:

Escola dominical!

 

Quando eu estava a namorar

Ele se incomodava.

“Já orou ao teu SENHOR?”

É o que sempre perguntava

 

Certo dia, ao fim do culto

Muito atribulado entrei

Na igreja desse obreiro

E orando o encontrei

 

Ele não me viu entrar

Eu não quis me apresentar

Quando ele orava a Deus

Começou profetizar

 

E dizia: “Servo meu!

Sou teu Deus e teu patrão

Eu visito a tua esposa

E naquela gestação

 

Nada faltará ao filho

Que está para nascer

Farei dele uma bênção

Pra que todos possam ver

 

Sou o Deus dos impossíveis

Tenho visto o teu clamor

Estou contigo nesta luta

És um servo de valor”

 

Tantas obras foram feitas

Pelas mãos desse obreiro

Que fazia os serviços

O primeiro e o derradeiro

 

Muitos anos se passaram

Esse obreiro prosseguiu

Em sua luta gloriosa

Uma igreja assumiu

 

Hoje vejo com clareza

O desfecho de uma vida

Tão voltada para Cristo

Que hoje o honra nesta lida

 

Desse homem genial

Nestes versos quis falar

Mas agora é a hora

De seu nome eu revelar

 

“JURANDIR” primeiro nome

Depois vem “DO NASCIMENTO”

Que completa com o “BARROS”

Nome forte e de talento

 

Quero aqui manifestar

Meu apreço e amor

A este grande companheiro

Que me fez tanto favor

 

Que o SENHOR prolongue a vida

Do Seu servo Jurandir

Se oramos, nós, por ele

Muitas bênçãos que hão de vir

 

Fim


BREVE BIOGRAFIA DE NELSON DE SOUZA NOGUEIRA

 HOMENAGEADO PELA PRIMEIRA TURMA DO CURSO À BÁSICO DE TEOLOGIA NA ASSEMBLÉIA DE DEUS EM GUARUS - CAMPOS DOS GOITACAZES – RJ

 

Por: Enoque Rodrigues Nogueira, em atendimento ao pedido feito pela irmã Marijane, coordenadora da Turma.

Escrito em 15/05/2009

 

Nelson de Souza Nogueira nasceu em Saturnino Braga, Distrito de Campos dos Goitacazes em 10 de dezembro de 1921 onde viveu a sua infância. Na adolescência aprendeu a profissão de alfaiate e ajudou a sua família com o dinheiro que ganhava.

Ainda na mocidade, depois de assistir ao culto que a Igreja assembléia de Deus da Rua Rocha Leão realizava na Praça São Salvador, foi no templo e aceitou a Jesus como seu Salvador, sendo batizado nas águas por imersão em 25 de julho de 1943.

Foi um moço reto, integro e temente a Deus; batizou-se e tornou-se membro da Igreja Assembléia de Deus em Campos.

Foi chamado para compor o rol de Obreiros da Igreja quanto tinha 24 anos de idade em 18 de dezembro de 1945. Foi separado ao presbitério em 1948, nomeado a evangelista em 1951 e ordenado a pastor em 2 de maio de 1965.

Casou-se na direção de Deus com a irmã (de saudosa memória) Odete que lhe deu 14 abençoados filhos, tendo o SENHOR recolhido para Si três deles, Priscilla, Izabel e Israel. Estando entre nós: Moisés, Lydia, Josué, Elizabeth, Enoque, Loide, Misael, Quézia, Nelson Jr., Claudia e Eunice.

Tendo o SENHOR resolvido colher a flor Odete para enfeitar o Seu Jardim, o pastor Nelson sofreu a dor da separação e não conseguia esconder as marcas que surgiram em seu rosto.

No sepultamento da sua amada, no cemitério do Caju em Campos, na voz de um amigo que leu uma carta que ele escreveu para os seus filhos naquele mesmo dia de angústia, escreveu:

“Meus filhos, esta que agora dorme no SENHOR não deixa para vocês nenhuma herança material, mas deixou um legado que não poderá ser esquecido: ela lhes deu a doutrina da salvação e a instrução escolar; um sonho que ela tinha desde o início do casamento”.

Depois de algum tempo viúvo, o pastor Nelson recebeu a atenção do Deus que conhece o futuro. Este olhou para a Terra, viu Maria Azevedo, uma mulher valorosa que residia em Cataguases e deu-lhe como esposa. Maria é uma bênção na vida do pastor.

Durante o seu pastoreado, o pastor Nelson, debaixo da Graça de Deus, passou por muitas provações, mas se mantinha calado diante da Igreja; em quase todas as adversidades, somente a sua família sabia das angústias e aflições que passava e que ele sabia muito bem colocar aos pés do SENHOR, juntamente com todos os seus filhos que se ajoelhavam com ele em oração rogando a Deus as Suas ricas misericórdias.

O pastor Nelson pertenceu a Assembléia de Deus de Campos – Ministério de Madureira até o ano de 1999, onde dirigiu as Igrejas de São Fidélis, Cardoso Moreira, Italva, Cataguases e São João da Barra.

Quem conhece o pastor Nelson há muito tempo sabe que ele sempre se destacou pelo seu jeito dinâmico, criativo, detalhista, empreendedor, ético, pastor evangelista educador e bom chefe de família.

 O dinamismo do pastor pode ser conferido até os dias de hoje. Recentemente, durante o seu tratamento médico, ele estava ainda no quarto na Clinica Dr. Beda, logo após a cirurgia a que foi submetido, deitado, recebendo soro e com ataduras, ele reclamou com um filho a falta do trabalho na Igreja a lamentou a sua falta no culto.

Criatividade é uma característica tão forte na vida do pastor Nelson que foi transferida para a maioria dos seus filhos e netos. Certa vez, para atrair colaboradores para a obra do templo em Italva, fez a “festa do tijolo”. Noutra vez, na realização de um culto ao ar livre, ao perceber a ausência de alguns crentes que não costumavam faltar, ele aumentou o espaço entre os irmãos que formavam um círculo, para dar um aspecto de presença.

Detalhista e observador eram virtudes que fazia do pastor Nelson um obreiro distinto. Ele dirigiu vários programas de rádios nas cidades onde passou. Conseguia nos trinta minutos de programação cumprir toda a pauta, inclusive com as famosas pregações de cinco, oito ou dez minutos. Também se destacava na colocação de faixas, painéis e letreiros de Igreja, era um artista amador. Quando uma festa estava por acontecer o pastor respirava o evento até ao momento do encerramento quando os lenços eram acenados ao som uníssono do hino da Harpa Cristã “Deus nos guarde bem no Seu amor”.

Um obreiro empreendedor. Oh! Como é bom ouvir dos antigos sobre os empreendimentos do pastor Nelson na Obra de Deus. Em todos os lugares que passou, ele procurou fazer alguma coisa que pudesse dignificar o nome de Jesus. Ele nunca tinha pretensão de usufruir o que fazia. Quando um reparo ou obra era feita, um projeto relevante se concretizava, a sua família já sabia que estava chegando a hora dele ser transferido para outra cidade.

Obreiro ético. Mesmo tenho tantos filhos em idade escolar, o pastor Nelson nunca deixou de obedecer a ordens de sua liderança quando lhe mandavam para outra cidade, mesmo havendo diferenças na grade escolar como foi no caso da transferência do Estado do Rio para Minas Gerais; na nova cidade os seus filhos procuravam se adequar aos costumes locais. Os problemas ministeriais nunca eram levados para casa. O dinheiro da Igreja jamais se misturava com o a família. Os veículos da Igreja quando os tinha, nunca eram utilizados para outros fins que não fossem para a Instituição.

Um pastor evangelista educador. Os membros das Igrejas lideradas pelo pastor Nelson sempre o tiveram na memória como um pastor que ama o evangelismo e a educação. Nas festas que realizava, sempre procurava espaço para estudos bíblicos. Quando um pastor visitava a cidade ele o colocava em grande atividade; certa vez escalou um carioca para pregar no culto matutino, escola Bíblica Dominical, rádio, culto ao ar livre e culto noturno. Nos chamados “cultos de doutrina” o pastor Nelson sempre falou como se fosse aquele o seu melhor momento, nunca desprezando o tamanho do grupo presente. Uma cena comum depois dos cultos é a presença de pessoas, inclusive jovens, cercando o pastor para fazer-lhe perguntas e conversar. 

Um bom chefe de família a moda antiga. O pastor Nelson manteve os seus princípios até hoje. Ele não se deixou levar pelos costumes atuais. Sempre manteve a sua postura diante de sua esposa, de seus filhos, parentes e demais pessoas. A resistência do pastor diante da pressão social que lhe requeria mudança foi sempre respondida com coerência e respaldo bíblico dentro da linha de pensamento que ele sempre traçou para seguir. A maneira segura e coerente de governar a sua casa fez do pastor Nelson um marido, pai, irmão, sogro, avô e bisavô respeitado não somente pela sua família, como também por todos os que o conhecem.

Nesta amada Igreja, Assembléia de Deus em Guarus, o Pr. Nelson tem o nosso carinho porque tem desempenhado um papel importante desde a fundação desta Igreja em 1999, no mesmo ano em que deixou a antiga Igreja. Cooperou ativamente com o seu presidente na formação desta Igreja, depois de servir em outra Igreja por ___ anos ininterruptamente. A ajuda foi na discussão, projeto e organização da Igreja, na elaboração dos Estatutos, seu registro nos órgãos públicos e na filiação convencional. O pastor Nelson nunca ambicionou posições no seio da Igreja, tendo se colocado no centro da vontade de Deus pode realizar conosco a Obra que o SENHOR colocou em nossas mãos.

Por estas e muitas outras razões que nós, os formados da primeira turma do Curso Básico de Teologia do Instituto Bíblico das Assembléias de Deus do Estado do Paraná – IBADEP, extensão em Guarus escolhemos como nome para turma: “Pastor Nelson de Souza Nogueira”.

 

 

 

 


 
 

A PORNOGRAFIA É UM GRANDE PREJUÍZO FAMILIAR

  Texto de Armando Luis Francisco

 Disponível em: http://www.portaldafamilia.org/artigos/artigo408.shtml.Copiado em 06/05/2013.

O mercado pornográfico é um dos mais rentáveis negócios de todos os tempos. Larry Flynt, empresário e dono do império Hustler, retratado por Milos Forman e Oliver Stone no filme 'O povo contra Larry Flynt, Bob Guccione, da revista Penthouse e Hugh Hefner, dono do Império Playboy, compõem alguns desses milionários da exploração da fantasia sexual. Não esquecendo, porém, que uma fatia gigantesca dessa mercado é dominado pelo crime organizado.

 

Entretanto, a mais nova, rentável e promissora ferramenta desse mercado é a Internet. Com um sucesso devastador e arrecadação bilionária, esse novo negócio aumenta cada vez mais o impulso pornográfico no planeta. Demonstrando, com isso, que, nos próximos anos, boa parte dos lares, com acesso a WEB, estarão conectados em páginas com conteúdo pornográfico. Desfrutando das imagens de corpos nus, sexo e prazeres oferecidos.

 

Porém, essa ferramenta tem causado problemas e constrangimentos diversos. A Pedofilia, considerada a mais grave infração permeada pela web, tem fortalecido um mal, inigualável, aos jovens e crianças deste mundo. E pessoas tem sido encarceradas pela prática e divulgação de imagens de sexo com crianças. Além do que, outras aberrações tem sido demonstradas , como, por exemplo, a zoofilia. Aliás, dia desses, um americano morreu por ter sido sodomizado por um cavalo. Entretanto, essa prática é legal em alguns estados americanos, onde existem ranchos e fazendas para concretizar o sonho sexual de algumas pessoas com animais.

 

O problema mais grave, entretanto, é a divulgação e disseminação da pornografia. Pois, alguns empresários da pornografia, usam métodos parecidos com o tráfico de drogas. Primeiro eles oferecem de graça. Depois eles começam a cobrar. Aliás, é desse jeito que o império das ilusões e da criminalidade tem florescido. Agora, qualquer pessoa obtém imagens e vídeos da pornografia, de maneira fácil e gratuita. Onde, muitos milhões de incautos, têm seguido o roteiro dos sonhos proibidos e não sabem que estão doentes. Sim, doentes e viciados, pois o mecanismo da pornografia é o mesmo do Alcoolismo. Mesmo porque, clínicas psiquiátricas e psicológicas, de atendimento desses problemas, já estão sendo espalhadas pelo planeta. E terapeutas familiares têm travado uma batalha árdua nos lares.

 

Assim, interessados nessa manobra, estão alguns donos de Revistas pornográficas - que controlam, muitas vezes, impérios de publicação ou canais de televisão, a Máfia dos diversos paises, o crime organizado, o narcotráfico, empresários da prostituição, o mercado dos filmes adultos, a indústria do divertimento, alguns grandes conglomerados da internet, algumas empresas de chats e telefonia celular, etc.

 

Dezenas de milhões de lares no planeta já foram invadidos, sem que as pessoas, pais e mães, ou um ou outros, saibam. E é tão grave o assunto, que a maioria dos que acessam a pornografia da rede mundial de computadores é adulto, masculino, dos 18 anos para cima, com picos nos da meia idade. Pessoas muito inteligentes e que desenvolveram aptidão para olhar imagens e textos pornôs.

 

Na realidade, a pornografia tem destruído muitos lares. Pois quando o outro cônjuge, pais, familiares, descobrem, já parece, irremediavelmente, tarde demais. Portanto, em menos de 4 anos, mais lares foram destruídos pela pornografia do que o comparativo dos últimos 50 anos. Isso acontece, sem distinção de nacionalidade, cor, etnia ou credo religioso.

 

Aliás, começa assim: - Por pura curiosidade, a pessoa envolvida, acessa uma vez. Ai, geralmente, motivadas por um e-mail de conteúdo pornográfico ou oferecimento de um produto com conotação sexual; ou algumas produtoras da WEB que trazem garotas nuas para serem vistas pelos seus assinantes; aquele negócio da garota da semana, começam a ver mais e mais vezes. Isto mesmo, só curiosidade. Logo depois, começam a acessar os diversos mecanismos de buscas. Usando palavras, frases, palavrões, órgãos do corpo, partes íntimas, adjetivos, etc, acessam imagens que levam às páginas dos produtores dessas fotos, que podem ser copiadas. Depois, já nessas páginas, outras imagens, mais fortes e mais fortes. Levando ao frenesi do pensamento de alguém que sabia disso, mas não havia visto ou sentido isto. Porém, o gratuito começa a ser cobrado por cartão de crédito, débito ou boleto bancário.

 

Esse sentimento a que me referi, foi-me contado por um amigo que não chegou aos 25 anos. Religioso, Adventista do Sétimo dia, bom moço, exemplar, estudioso e que descobriu essa fantasia e agora quer libertar-se e não consegue. Aliás, já fez de tudo. Consegue ficar até 30 dias sem olhar, mas de repetente, não consegue mais e olha e se perde nas imagens que lhe ofuscam a mente. John, o nome que estou dando a ele, me informou que, após o contato com tantas páginas, o que é comum em outros relatos, demonstrou um sentimento de culpa muito grande, ao ponto de quando pensa em oração, as milhares de imagens instantâneas e rápidas, pululam pelo seu pensamento, gerando insatisfação, descontentamento, confusão, desânimo e angústia.

 

Mas o perigo é muito real para os jovens. Encontros são marcados pela internet. Namoros e sexo são virtuais e , depois, carnais. A juventude se afunda sem que os pais saibam. Não há grandes sintomas, marcas no corpo, ou mudanças bruscas de comportamento. Há, até, uma certa mudança. Mas desconhece-se a profundeza do assunto na família. Primeiro porque os pais desconhecem esses mecanismos. Depois, que os pais desconhecem os filhos. E, ainda, os pais não têm tempo para eles.

 

Assim, a primeira coisa que temos que fazer é o reconhecer de que nós não estamos tendo esse tipo de problemas. Os sintomas são conhecidos: perda da libido ou prazer sexual com o cônjuge, descontentamento da performance do parceiro, ou a ida a esse mecanismo pela falta de convívio ou contato íntimo com o parceiro, o stress do dia à dia, o relacionamento familiar, a falta do que fazer, o excesso de trabalho, as brigas dos pais, a falta de acompanhamento dos filhos, os colegas, no ambiente escolar, os companheiros(as) de trabalho, a amizade de pessoas casadas com outros fora do relacionamento conjugal, a busca de novas experiências sexuais, a timidez desenfreada, a personalidade doentia escondida, a falta de carinho e amor, a falta ou pouco contato com DEUS.

 

Todo mundo sabe que existe um só DEUS. E a maioria das pessoas acreditam nEle. Assim, esse é o momento de esquecermos as diferentes doutrinas e tratar um assunto muito sério para a integração social e familiar de maneira única. Todos, os que creem, devem buscar a DEUS e pedir ajuda sobre esse assunto. Esse é o primeiro e melhor conselho. Depois disso, vem a nossa parte da vontade exercida e com todo afinco!

 

Não se pode deixar um alcoólatra trabalhar num bar. Assim, não pode uma pessoa, com esse tipo de problema, viver na frente de um computador com internet. Depois, outros aspectos que devem ser acrescentados. Entretanto, fale com o seu cônjuge e informe o que está acontecendo, pedindo ajuda. Pois ele é o melhor ouvido e ombros para você chorar. Aliás, se notar o comportamento diferente do marido ou esposa, desconfie, questione e ofereça ajuda e solidariedade; ou busque ajuda. Mesmo assim, procure conhecer a internet e os programas de acesso. Depois veja se não está acontecendo no seu lar. Mas se tiver acontecendo, separação não resolve. Vale nessa hora o amor, compreensão e ajuda.

 

Evite, também, filmes pornográficos. Não traga para o seu lar tamanho mal. Aliás, tem pessoas que não olham mais para o seu cônjuge. Muitas vezes forçam o outro a ver algo que não gostaria de ver. E o mais terrível é que famílias vão as locadoras, inclusive com a presença de filhos, buscar filmes pornôs, para assistir na sala de casa.

 

Uma excelente maneira de ajudar é conhecer sobre o assunto. Por isso leia muito. Aliás, todo comportamento familiar diferente tem seus culpados e ninguém se isenta disto. Pois nenhum parceiro que esteja recebendo carinho, amor, atenção, sexo saudável e prazeroso, vai procurar algo fora de casa. Geralmente, a culpa deve ser dividida. Porque o sexo é prazeroso e instituído por DEUS. Para elevar os lares e recriar a felicidade. Sexo é muito bom e, também, uma oração. Mas não do jeito que se demonstra hoje.

 

Alguns passos:

 

-Não seja curioso.

-Não entre em sites de busca com essa intenção.

-Não abra e-mails estranhos ou de estranhos.

-Não leia notícias ou histórias sensuais.

-Não deixe de ter bons relacionamentos sexuais com o seu cônjuge.

-Aumente o número de vezes de relacionamento e prazer sexual com o seu cônjuge.

-Observe os seus filhos. Esteja presente e atento quando estiverem na web e procure deixar o computador em um ambiente comum e aberto da residência ( sala, cozinha, corredor, etc) de e nunca no quarto dos filhos, ou do casal.

-Não deixe seu cônjuge sozinho na Internet. Fique com ele,; ajude-o a terminar o que está fazendo ali.

-Bloqueie as tvs de sexo e não forneça a senha para os seus filhos. O melhor exemplo é o exemplo. Se não serve para eles, não serve para você.

-Se não tiver nada para fazer, saia da frente do computador. Dê um passeio ou vá para casa.

-Não acesse internet a noite. Fique com sua família.

-Lembre-se, esse mundo da internet pode ser, em alguns casos, não generalizando, um submundo do crime. Acontecem mortes.

-Ensine e espalhe sobre isto, para o maior número de conhecidos, instituições, clubes,etc...Demonstrando que estão preocupados.

-Troque o que você faz na internet, sem necessidade, por algo saudável.

-Estude a melhor forma de deixar seu cônjuge feliz.

Algumas advertências:

- Alguns sites pornográficos contém vírus.

- Alguns sites pornográficos copiam o seu endereço de I.P.

- Alguns sites pornográficos, geralmente de outros países, enviam cavalos de tróia para descobrirem senhas bancárias e de cartões de crédito.

-Nunca forneça senhas ou acredite em conteúdos de e-mails que peçam isso. Contate o provedor.

-Entrando em sites pornográficos, você pode correr o risco de receber SPAMs com oferecimentos diversos.

-Entrando em sites pornográficos, você poderá conhecer pessoas que estão querendo negociar prostituição. Abalando a sua vida afetiva, financeira .

-Entrando em sites pornográficos, você pode estar deixando a sua família e casamento de lado.

-Alguns homens que entram em sites pornográficos ficam impotentes. Essa impotência é psicológica e em referência ao parceiro. Pode se dar pela culpa ou pela pessoa que não é um modelo daqueles vistos na web ou em filmes pornôs.

-O Tratamento é caro e, geralmente, eficaz. Apesar que, a maioria das vezes o sintoma passa em pouco tempo.

-Divórcio pode significar: infelicidade, doenças, separações, divisão de bens, pobreza, incerteza, agressões, filhos perturbados, lares partidos, suicídios, etc...

Entretanto, ler livros de orientação familiar é importante. Leia a Bíblia, certamente ajudará você nesse ponto também!

Terminando: se bem que muito se pode falar, quero dizer que a intenção desse escrito, simples, foi produzir um sentimento no leitor, de aversão a pornografia de toda espécie, principalmente à internet. Aliás, eu quero pedir um favor: Que você, se quiser, divulgue para o maior número de pessoas possíveis. Pois, de alguma maneira, você poderá estar ajudando a salvar uma vida, uma família, um lar! E se você fala ou lê em outro idioma, traduza e envie para os conhecidos e desconhecidos.

 

Um forte abraço para você e fique com DEUS.

 

Armando Luis Francisco

 

Nota do site www.portaldafamilia.org:

“Divulgue este artigo para outras famílias e amigos.”

 

 


EU DEPENDO DA GRAÇA DE DEUS


Site pronto: NetFacilita